Liga de Foot-Ball e Desportos de Moura - Inauguração do Campo.

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Representação digital

Liga de Foot-Ball e Desportos de Moura - Inauguração do Campo.

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Liga de Foot-Ball e Desportos de Moura - Inauguração do Campo.

Detalhes do registo

Informação não tratada arquivisticamente.

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/AMMRA/DD/000002

Tipo de título

Formal

Título

Liga de Foot-Ball e Desportos de Moura - Inauguração do Campo.

Datas de produção

1926-02-26  a  1926-02-26 

Dimensão e suporte

4 fls. (175mm x 275mm) - papel

História custodial e arquivística

Desconhecemos a história custodial e arquivística do documento. Presumimos que o mesmo se encontra integrado no fundo da Câmara Municipal de Moura, porque o campo Maria Vitória foi construido em terrenos propriedade da Autarquia e com recurso a meios da mesma. Atualmente o documento encontra-se integrado no já referido fundo, na secção T/ Desporto, SR:001/Infraestruturas Desportivas, cx001.

Âmbito e conteúdo

Segundo relata o Dr. José da Cruz Fialho, no seu livro Memórias dos Meus Passos, editado em 1994 pela Câmara Municipal de Moura, a história do campo de futebol Maria Vitória remonta ao verão de 1925, quando um grupo de rapazes resolveu "invadir" uma courela por detrás do quintal do Hotel de Moura, para primeiramente jogarem ténis que, por ser um «desporto caro», rapidamente foi abandonado e trocado pelo futebol. A courela tinha umas dimensões consideráveis, mas com um senão: era atravessada por uma fossa que servia para a empresa da Água de Castelo despejar as garrafas e caixotes inutilizados, o que naturalmente dificultava o desempenho dos jovens jogadores.O Dr. Marcelino Fialho Gomes, que à época era presidente da Direção da Liga de Foot-Ball e Desportos de Moura, entusiasmado com o interesse que os rapazes demonstravam pelo futebol, diligenciou para que fosse tapada a fossa que atravessava o terreno, o que rapidamente aconteceu recorrendo-se a entulhos provenientes de obras a decorrer na vila. Entretanto o mesmo Dr. Marcelino Fialho Gomes assumiria o cargo de Presidente da Câmara, e rapidamente o campo foi vedado, foram anunciadas melhorias e uma inauguração oficial, que viria a ocorrer a 26 de Dezembro de 1926. Dessa inauguração seria lavrado um auto do qual possuímos um exemplar no Arquivo Histórico Municipal, auto esse que agora aqui colocamos em destaque. O campo desportivo então inaugurado ficaria para sempre conhecido por Campo de Jogos Maria Vitória em homenagem às duas madrinhas de batismo, D. Maria Manoela d`Oliveira Rego Chaves, filha do Coronel Rego Chaves, governador de Angola e D. Vitória Camacho Lúcio, afilhada do Dr. Marcelino Fialho Gomes e que viria mais tarde a ser esposa do Dr. José da Cruz Fialho, um dos rapazes que em 1925 decidiram "invadir" a courela por detrás do Grande Hotel.A história deste campo ficaria inevitavelmente associada à história dos clubes que o utilizaram ao longo de mais de sete décadas. Estamos a falar dos clubes mencionados no auto: Moura Foot-Ball Club; 5 de Outubro Foot-Ball Club; Sport 9 de Abril, mas também de outros como o Luso Sport Clube, o Sport Lisboa e Moura e o Sporting Clube Mourense. Por último, aquele que todos nós ainda hoje associamos ao «velhinho» Maria Vitória, o Moura Atlético Clube, fundado a 17 de Janeiro de 1942, que utilizaria este recinto até à inauguração do novo complexo desportivo a 26 de Julho de 2000.Âmbito e conteúdo elaborado por Octávio Patrício (CMMRA), com recurso à consulta das seguintes fontes e bibliografia:- FIALHO, José da Cruz - Memórias dos Meus Passos, Câmara Municipal de Moura, 1994. - Arquivo Municipal de Moura, Câmara Municipal de Moura, Auto de inauguração do campo de futebol «Maria Vitória; cota descritiva:(CMMRA/T/001/ds000001/cx001)

Cota descritiva

CMMRA/T/001/ds000001/cx001

Idioma e escrita

Português

Nº visualizações

923

Data de publicação

23/06/2021 20:49:57